segunda-feira, 9 de outubro de 2006

E no confessionário...

Jú Mancin


Ouvindo Eu sei que vou te amar, na voz mais bonita do Brasil, Nelson Gonçalves.

Ela me disse que deseja você "no silêncio de seus momentos sozinha". Só em pensamento, sem que seja profanado o templo sagrado da lembrança. Sim, um relicário.

Ela não precisa do seu corpo, nem da sua voz. Nem tampouco de seus acordes de guitarra. Não faz questão do seu mau gosto, nem da sua pouca cultura. Dispensa seus tênis sujos, suas bermudas xadrez, seus bonés dos times da segunda divisão do futebol americano.

Ela não quer seus problemas, seu dinheiro, sua família, seus amigos e essencialmente, ela não quer sua namorada.

Ela me disse que seu riso franco tá tatuado na memória. Não precisa ouvir de novo.

Ninguém precisa lhe soprar notícias sua. Ela sabe que tá tudo bem agora. Sabe que você mudou, mas nem tanto. Sabe da suas crises, e sabe que vai passar. No fim tudo será como antes.

Ela deseja sucesso à você, e muita felicidade, mas acima de tudo, ela te deseja vida longa!

Ela me disse que te ama, assim à distância, em silêncio e em segredo. E disse ainda: Eu sei que é recíproco.

Sorriu e saiu. Como se nada tivesse me contado.

4 comentários:

Jú & Lú disse...

Tanta gente se encaixa nesse post para tanta gente...

rs...

É o jeans básico e surrado que ninguém quer aposentar.

lindo texto. parabéns.
beijo
LU

Carol disse...

Lindo meeeeesmo esse texto!!!
Bjs,
Carol

Ysys disse...

é....lindo....e a cara de uma porção de gente

bjoks

cleo disse...

she loves you yeah yeah yeah...

Site Meter