quinta-feira, 26 de outubro de 2006

Coé, neguinho, coééé?

Jú Mancin

Ouvindo Caipirinha, Peeping Tom (Mr. Patton e Bebel Gilberto)

Venha fazer parte do mais novo grupo de extermínio do Estado de São Paulo. GAAosDPMMVC, Grupo Armado AtéosDente Para Matar Motoqueiros Violenta e Cruelmente.

Por que? Porque eles merecem. São uns filhosdumasputas! A escória do trânsito da cidade. São folgados. Répteis. São covardes! Chutam retrovisores de mulheres, pra mostrar que são machos. São burros, não reconhecem os sinais de trânsito! Acham que seta é pisca-pisca de árvore de natal, e que se não andarem de capacete a polícia é quem vai se ferrar.

Risos...tá vai, vou contar o que aconteceu.

Claro que todas as ofensas acima podem ser aplicadas à todos os motobostas, mas essa está destinada e UM motomerda desgraçado que cruzou o meu caminho hoje.

To lá, andando tranqüilamente, voltando da padaria, com meu cigarro aceso, pensando, sei lá em que, mas eu tava. Decido atravessar a rua. Na faixa, como deve ser. Tô no meio da pista, sai um cachorro louco de cima de uma calçada, na maior velocidade que o aquele jegue que ele chama de moto poderia alcançar na arrancada, joga a moto em cima de mim, e como se não bastasse, grita: QUÉ MORRÊ, GORDINHA?

Veja bem, eu tenho consciência das minhas medidas, exageradas de fato. Mas precisa um, provável, semi-analfabeto, desprovido de massa encefálica, cheio de pinos metálicos espalhados pelo corpo, frustrado, porque só usa o pênis pra urinar (se é que tem um pênis), que não sabe diferenciar caqui de tomate, nem cacau de côco, sair por aí berrando que eu sou GORDINHA?

Desnecessário. Pra mim pelo menos...rs

Num primeiro momento fui tomada por indignação.

Num segundo, comecei a rir. De raiva e depois de mim mesma, essas coisas sempre me aconteceram, não ia mudar porque cheguei nos “quase trinta”.

No terceiro momento, aí sim, voltei a mim mesma, e dispensei, mentalmente - porque não sou barraqueira e porque o desgraçado já tinha se enfiado em algum bueiro – todas as maledicências que aprendi com minha avó portuguesa.

Desejei profundamente que aquele verme caísse no Rio Tiête, à beira da Marginal, depois de duas horas de chuva torrencial na cidade de São Paulo. Que um canhão desgovernado, por acidente, explodisse na boca do estômago dele. Que ele sofresse um ataque de abelhas africanas genéticamente modificadas. Que um avião, vazio – porque ninguém tem culpa pelo motoporra – caísse em cima do dedinho do pé direito dele. Que uma Tsunami o pegasse de surpresa naquele fim de semana chuvoso em Long Beach. Que a mãe dele fosse um macaco. Que a canela dele se encontrasse com a quina de mármore mais afiada que a lâmina da Hattori-Hanzo. Que ele fosse o Bill e desse de cara com a Beatrix/Mamba Negra. E enfim, que ele se encontrasse com um espelho e se visse de frente.

Bom pra ele, que hoje eu to de muito bom humor. E que o Portal 818 se fechou.

APAputaquipariu mano!

15 comentários:

Sérgioou Primeiras horas da manhã! disse...

De extremo bom gosto o texto, nem parece que foi uma das inquietantes a ecrever, brincadeira!, gostei Jú, nestes momentos, eu aconselharia o dedo médio, pois é, ele serve pra mais coisas do que a gente imagina.

Karu disse...

Tô contigo Tchuca, Morte aos Motofuck´s e "Tsumani" aos políticos nordestinos.

Beijos, Gorducha...bububu!!!

Jú & Lú disse...

HAHAHHAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHA
MUITO BOM, TCHUCA!

Uia, que ira!
bjs
LU

Jú & Lú disse...

Bom né? Pro corno do motoféladaputa, pq eu não estava com a AK-47 embaixo do braço...

Karú, cê qué morrê mano?

Risos...

Jú Mancin

Tiago sem H. disse...

Isso mesmo Karú, quer morre, manu?

E Ju, estou do seu lado pro que der e vier, vou mandar todos os motosfilhasdeumagrandíssimainfelizputa do blog pr'o forno.

Sérgio ou Primeiras horas da manhã! disse...

Porra, Karu, estou intrigado com políticos nordestinos, não pode ser o que estou pensando, eis que algo se quebra dentro de mim (Crash).
Vote 13 *.

Jú & Lú disse...

Aaaaaaaaaaaaaaah Serginho!

CAMPANHA POLÍTICA NO CAFE E CIGARROS NA TERRA DO NUNCA, NUNCA!

PODE PARAR...

AQUI O VOTO É NULO!

Valeu Ti! Rs...

Jú Mancin

BATMAN disse...

vote em mim! eu prometo não faltar cervejas e nem cigarros e nem anfetaminas e nem massa e nem coca e nem cola e nem éter e nem tinner e nem bagassa e nem pinga e nem álcool de cozinha e nem sexo e nem água de privada e nem cogumelo e nem lírio e nem fita cassete. se eleito for. meu número é ... putz... qual é o meu número mesmo... sei lá... mas vote em mim!

cleo disse...

isso é o q eu chamo de espasmo. fica sem dormir e quase atropela o pobre do motoqueiro q arrisca a vida para te levar pizza em casa, remédios e os cambaus.e ainda escreve um puta texto refinado pra dizer q o cara é um filho da puta. afinal, acabe com eles. o mundo é seu, eu só vivo nele.

Jú & Lú disse...

Batman, vc extermina os malditos motoboys? Risos...

YSYS disse...

q filho da aputa
deveria ter mandado ele tomar no cú e ter derrubado ele com seu carro ( nossa....rs)

odeio essa palavra " gordinha"....

para todos que usam essa palavra: " ENFIEM O DEDO NO(S) CÚ(S) E RASGUEM, SEUS BOSTINHAS PÃO COM OVO..."

carol disse...

hahahahahahahaha...muito bom, Thuca!!! Apoiada!!! Raça de FDP!!!!! Tô pra vê raçinha tão desgraçada igual!!!
APAPUTAQUEOPARIU MESMO, MANO!!!!!

Ah...e a Karu também...hehehehehehe...

Bjs, Carol

FP disse...

Ótimo! O texto é engraçado e revoltado, furioso! Parece que vejo você levantar os braços e gritar pelas ruas amaldiçoando esses motoporras, como você mesmo disse.

FP

Sunset disse...

... e digo mais: mesmo que tenha um pinto, ele mal deve acertar o buraco daquela privada suja que ele deve ter na maldita casa onde mora.

De fato, esse não é o verdadeiro motoqueiro (eu sou motoqueira, e defendo a classe)

Jú & Lú disse...

Não, eu nunca o chamei de motoqueiro, eu tb defendo a classe...esse é MOTOFILHODAPUTA...

Jú Mancin

Site Meter