segunda-feira, 27 de novembro de 2006

Menina...

Lu Minami

Ouvindo: Just, Radiohead.

Vai, menina. Dedica suas palavras vazias e sem sentido para ele. Mostre o quanto você treinou as palavras, a navalha fonética e conte para ele, nas entrelinhas o que a consome desse jeito.
Use seu vestido amarelo e o laço azul marinho. Saia andando pela cidade, distribua falsos sorrisos só porque o céu está claro e o ar, morno. Compre camisetas, livros e cds que nunca vai usar, ler e escutar.

Construa uma vida toda para ser celebrada. Não por você, mas pelos outros. Você gostaria que ele a brindasse, não é? Gostaria de celebrar a vida num caminho de velas e flores onde não se avista o horizonte.

Vai, menina. Diz que vai casar, que vai cultivar borboletas em seu estômago, corais em suas bochechas e sinos em suas pernas. Diga que já está resolvida, que decidiu ficar por aqui mesmo e que a vida vai bem, obrigada. Compre um apartamento, o decore com flores e frutas frescas. Tenha um cachorro amigo e um emprego que a deixe feliz e viva. Vai menina, não chora à noite e nem pela manhã. Pule quando dançar. Durma de cabelos molhados e olhos abertos. Veja o dia clarear em seus sapatos antigos que já conhecem todas as avenidas, da padaria ao escritório de ruas enlameadas e esburacadas.

Diga que já passou e que tudo foi um mal entendido do seu coração-mirim. Pode sorrir com todos os dentes e ir atrás de quem quiser e do que valer a pena. Não precisa mais ter escrúpulos. Deixe as flores e as frutas apodrecerem em seus recipientes. Encha o seu aquário de falsas promessas, mentiras deslavadas e as alimente com a ração importada. Encha o seu lençol e seus travesseiros com cheiros de quem não conhece e não quer levar a sério. Transborde suas xícaras de café e seus cinzeiros cuidadosamente lavados.

Mira o espelho, menina. Deixe cair a lancheira, o diário e suas chaves. Vire as costas para mim e deixe o mundo todo entrar em você. Diga adeus uma única vez.

7 comentários:

Ysys disse...

devo estar sensível....
chorei e chorei enquanto lia ( e estou no trabalho....)

Eu preciso aprender a dizer Adeus, ao menos uma vez.

Tenhan uma ótima semana
Bjoks
Renata

Jú & Lú disse...

Ysys-Renata!
rs... que bom que gostou!
Apareça!!!
beijo
LU

Jú & Lú disse...

Tô transbordando tudo...xícara, cinzeiro, o copo de whisky virou na mesa..rs..

Ysys, devemos te chamar pelo teu nome agora?

Risos...

Adoro esse blog...

Sunset disse...

"Diga que já passou e que tudo foi um mal entendido do seu coração-mirim".
Tão facil falar...


Porra Lu, que lindo esse texto.

Sérgio, Tiago e Raphael disse...

Belíssimo. Aqui colhemos nossas flores!

carteiro disse...

gostei. foi do tipo receba as flores que lhe dou e enfia no cu q ue já murchou...rs beleza, vcs pegaram o espirito da coisa. a lu e a ju são uma pessoa só.rsrsrs

Anônimo disse...

... (sem fala)

Site Meter