sexta-feira, 28 de agosto de 2009

.velório do amor louco.

c.

- Morreu?

- Acho que sim, finalmente.

- Vamos enterrar!

- Mas, parece que ainda está respirando com alguma dificuldade…

- Então vamos enterrar logo!

- VocÊ está chorando?

- Não, claro que não!

- Olha, parece que se mexeu!

- Deve ser os últimos reflexos.

- Talvez possa ressucitar, quem sabe?!

- Melhor enterrar logo, daqui a pouco vai começar a feder.

- Tá, você tem razão.

- Agora é você quem parece estar chorando!

- Não! Bem… sim, talvez tenha ca-caído um cisco…

- Voce sabe rezar?

- Não.

- Você ouviu? Parece que ele quis dizer alguma coisa…

- Ele quem?

- Ele, oras…

- Cê tá louco! morto não fala!

- Ainda não morreu…

- Mas, já tá nas últimas.

- Não temos o direito de matá-lo assim…

- É, talvez…

- Vamos esperar…

- Será que vai demorar?

- Não sei, parece que ele não quer ir…

- Melhor esperar.

-O que fazemos enquanto isso?

-Me dá um beijo?!

- Melhor não…

- Por que, porra?

- Sei lá…

- Então vamos enterrar de uma vez.

-Tá bem!

- Eu cavo uma cova bem funda.

- E eu jogo bastante terra.

-Pronto!

- Terminamos!

- Enfim, adeus…

- Adeus!

- Nos vemos na missa de sétimo dia?

- Pode ser…

14 comentários:

Lu disse...

ce ta lendo bukowski de novo? rs...
estupendo.
=)

Juliana disse...

ahhh.. maravilhoso!! vamos beber a esse enterro e ressuscitar no sétimo dia esse amor louco...

delícia de texto, Ju!

ju mancin disse...

leio bukowski a vida toda, mas esse post não é meu, digo, eu não escrevi, mas me apropriei... quem assina é "c." de charles, carlos, clarice, enfim...

Lorena Bobbit disse...

O morto terminou sozinho.

Um devaneio disse...

Fabuloso........!

ju mancin disse...

isso tudo e eu só consigo pensar em energia racional!

Cafeína Desvairada disse...

Eu guardei o meu na gaveta para ver se ele morre asfixiado. Só que eu me esqueci que ainda restam frestas de ventilação. Deixei lá mesmo, para ver se me esqueço dele.

Daniel disse...

Que amantes mais loucos! E assassinos.

Anônimo disse...

meu nome é joão!

Desafinado

GMacin disse...

adorei. melhorou meu dia no finalzinho dele.

Ginger disse...

Missa de sétimo dia é o caralhoooo!!!! Viaja e esquece o morto!!!

dê.bitous disse...

xilóvisiuiéiéié!

Cleo C. disse...

O amor louco nasce morto. Na verdade ele foi exumado nesse conto.

Machado de Assis disse...

Está morto: podemos elogiá-lo à vontade.

Site Meter