terça-feira, 2 de outubro de 2007

.ciao amore.

Jú Mancin

d `-´ b Buena, Morphine

Não são súplicas. Pega leve meu bem, tenta entender.

[nothing is gonna change my world]

O que está feito, está feito. E o circo está pegando fogo (do jeitim que eu gosto), a trapezista caiu no picadeiro. Tem palhaço correndo pra todo lado. Mira, mira meu amor! A equilibrista na corda-bamba de sombrinha. [em cada passo nessa linha, pode se machucar].
Ela não vai descer. O céu é o limite!

Adoro entrelinhas. Eu escrevo, todos lêem, alguns entendem. É assim que deve funcionar. Tá acompanhando? Não né?! Depois eu faço um desenhinho...

Harold ama Maude que ama Harold e sabe por que eles não ficam juntos no final? Porque eles juntos, meu amor, não rola...

Coisas da vida. Coisas do cinema....

- ô Alemão, dê aí uma boa definição pra AMOR...
- Definição pra AMOR??? É fooooda, hein!

É... É foda! Ha-ha...

Blá-blá-blá eu te amo mas chega dessa punhetagem [eu quero uma garota que já tenha sexperienced...rs], vou pra cama que já é tarde!

...vá ver se eu tô lá na esquina-devo-estar
a lua me chama eu tenho que ir pra rua...
TCHAU!!!

4 comentários:

little raver disse...

meu cérebro é de plástico, igual minha roupa, faz um desenhinho pra eu entender???

Out of tune disse...

"Como cair do céu é tão simples
Queda que a tudo e a todos transforma
Ah! as bombas, a chuva, os anjos e seus loucos
O mundo todo na velocidade terrível da queda"

Lu disse...

rs...
verborragia verbal emocional e visceral.

gosto tanto...
mas taaaaanto...

tanto que dói. Mas ó... dói pouco. Hoje é isso aí. Amanhã, vira tudo de ponta cabeça de novo.

ju mancin disse...

...então o nosso mundo girou...

rs

é assim q eu gosto!!!

:-)

Site Meter