terça-feira, 11 de março de 2008

Dias perfeitos

Lu Minami


Ouvindo: I am the ressurection
(The Stone Roses)


Te desconstruí aqui dentro, em pequenas partes. Cada dia um capítulo interminado, uma canção pela metade. Cada dia um prólogo estranho, quase como se não conhecesse. Parei naquela esquina e não disse adeus. Você sorriu com esse azul pálido dos seus olhos enormes e a jaqueta preta surrada. Enfiei minhas mãos nos seus bolsos e me deixei segurar por mãos calejadas.

Eu ainda lembro da guitarra encostada, mas gosto daquele espelho redondo da sua sala, onde me via com aquela camiseta encardida de uma banda antiga que a gente gosta. Lembro de cada nota dita por você em mim, lembro das nossas partes... partituras... jogadas pelo chão. E eu não ligo se quando eu canto, você compõe e nada combina, não ligo porque a minha voz combina dentro de você e a sua cabe perfeitamente nas curvas dos meus ombros.

Cada dia um dia diferente, com os meus e seus romances e as nossas esquisitices. E a gente apostando o nosso coração até não sobrar gota nenhuma dentro da gente, só para ver quem é que perde antes do outro. Eu sempre ganho, não? Me perdoa um dia, porque no fim das contas quem anda perdendo tudo sou eu.

O tanto que você amou é mais do que eu precisava, mas eu com a população de reis e rainhas aqui no meu estômago, achei tudo errado e fora de compasso. E você, que toca tão bem não soube marcar meu refrão. E se soubesse como, eu diria que eu nunca me repeti antes. [mentira]

Te amo sem saber como começa e onde termina. Você fica por perto sem saber por quanto tempo eu suporto. E nunca é tempo suficiente. Me perdoa de novo. Não nasci para ser feliz. Não deu para ser o padrão que você queria de menina louca que percebe a felicidade que bate à porta.

Eu prefiro ir até a sua porta quando convém e me jogar na nossa tristeza de canções partidas no chão.

3 comentários:

Lewis Carroll disse...

"Chapeleiro Maluco: Meus parabéns pelo seu aniversário!

Alice: Acontece que hoje não é meu aniversário.

Chapeleiro Maluco: Não tem problema, então meus parabéns pelo seu desaniversáro!

Alice: Ai! o que é isso?!

Chapeleiro Maluco: No seu aniversário você não fica feliz?

Alice: Eu fico!

Chapeleiro Maluco: Você não brinca com todo mundo, recebe beijos e abraços e presentes?

Alice: Eu recebo, sim!

Chapeleiro Maluco: Pois então, eu comemoro os 364 dias do ano o meu desaniversário. Assim eu posso ficar alegre, feliz e saltitante o ano inteiro!!!

Alice: Ah! deixe eu ver se eu entendi... Todos os dias, menos o dia do meu aniversário, são meus desaniversários. E como hoje não é meu aniversário é o meu desaniversádio, eu posso comemorar!!!!"


Vai ser feliz!

Anônimo disse...

eu amo a inquietude que pousa em vc.

FP

eu disse...

... pára na esquina e diz goodbye... flutua como uma nuvem.
SHE´S REALLY HAVE A GROOVE.

Fina flor, e disse você é um amor. E disse algo me entedia, era isso que eu sentia.

E me falou, dos SEUS romances, que quando pensa em aprontar, ela vai e apronta antes.

E me disse esquisitices... e que também vai se guardar para quando o carnaval chegar.

Dia perfeito...

Site Meter