quarta-feira, 1 de fevereiro de 2006

Fevereiro...


Jú Mancin

Ouvindo, a música tema de Neverending Story(na Antena 1)

Uia...não é que fevereiro chegou. Cheio de sol, chuva, cheio de flores e de esperança!

Adoro esse mês. Ele é mais curto. Intenso. Se eu pudesse pintar cada mês de uma cor, certamente Fevereiro seria o vermelho. Vivo! Isso mesmo cor de sangue, mas não aquele sangue que jorra de algo que está prestes a morrer. Não. Falo de sangue nas veias, o sangue da vida. Isso, fevereiro é vida!

Aaah, adoro esse mês.

####################

Assisti Munique. O Eric Bana vale o filme, putz, que homem é aquele!? Os argumentos são fracos. O Spielberg não conseguiu me convencer.

####################

Gostaria de reformular minha opinião sobre Os dois filhos de Francisco ser o filme a representar o Brasil no Oscar 2006.

É um bom filme, merece nos representar sim. Não gosto da dupla, mas a trajetória deles é interessante, e contada no filme sem muita hipocrisia. A trilha sonora é basicamente bonita.

Acho que para Hollywood tá bom demais. Ali nada pode ser muito intenso, eles gostam mesmo é de criancinhas pobres que vencem na vida!

####################

Aiai...anfepramona me faz tão bem. Olha como eu falo!!! Risos...

###################

Tava aqui pensando. Você me faz sentir IDIOTA.

2 comentários:

Lucy van Pelt disse...

Eu também adoro. Até porque é o mês que eu nasci.


Não, não fiz markenting pessoal, hahahahaha.

Beto Renzo disse...

Eu tenho uma relação interessante com 3 meses em especial. Fevereiro, Outubro e Dezembro. Eles me fazem bem e me batem ao mesmo tempo... me batem no sentido de que sempre me ensinam algo novo... e isso, algumas vezes, é um processo doloroso. Acho que eu pintaria esses meses com esse seu vermelho sim, mas também com um azul... claro.

Site Meter