segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Não-inspiração

Lu Minami

Ouvindo: Don´t leave the light on, baby
(Belle & Sebastian)


Ando sem inspiração.
Mal respiro.
Esse soco que você me deu na boca do estômago tirou meu ar.
Depois de tanto transpirar?
Tenho culpa se você se encheu de culpa?
Não. A culpa veste bem em você.
A lufada de vento nessa parte da cidade invade com brutalidade meu peito.
Outros idiotas cercarão. [Sempre haverá um idiota ao redor]
Descobri o não-amor. Descobri que não é o quase-ódio.
Ter você entre as minhas mãos e na minha boca não reviveu nenhuma das borboletas já falecidas dentro de mim.
Nada. Nem se quisesse e ousasse, nada nasceria ou cresceria.
Nada vem.
Queria ter coisas para contar depois de tanto tempo.
Volto a ter o coração gelado e as pernas quentes de tanto correr, de tanto querer.
Inspiro com força a sua covardia.

E nada em você me inspira...

10 comentários:

Sunset disse...

esplêndido!

ju mancin disse...

risos...

mesmo barco!

TOOOODOS PARA A POPA! (é assim q escreve isso???)

mas no te pongas, chica!

oq não falta é idiota à nossa volta, mais hora menos hora pinta outro palhaço pra te tirar do chão!

Polinesio disse...

Leia bem rápido o que vou escrever agora: Tem culpa eu?
Agora ria.
Beijos

Desafinado disse...

H-Á...H-Á...H-Á...

Anônimo disse...

Ta sufocada eh?
Eu ia dizer "lindo", mas isso eh coisa de viado.
Ta batuta encacetado!

F.P

69 disse...

isnpiração é luxo.
ferramenta é martelo e talhadeira.
cinderela perdeu os sapatos de cristal &
não sabe andar em cacos de vidro?
ela sempre quer alguma coisa
e há muitas coisas para quem quer coisas
o covarde, o cacique, o sapateiro
quem precisa de rimas
quando se tem fome de verdade
e até o poeta falastrão se cala
quando falta a palavra, o sentido
e marcha junto aos que não tem nada de cabeça baixa
na fileira da desolação.

Anônimo disse...

Tão covarde que não tenho coragem nem de me identificar. Pra você é covardia, pra mim é sobrevivência. E covardia, também. Assumo. Espero que nunca aconteça com você, mas um dia você pode estar no meu lugar. E aí, você entenderá. Eu espero que você entenda. Tomara que você nunca fique na minha posição. Eu nunca quis estar assim. Mas deixei. C'est la fucking vie, mon cherie. Aparentemente, nos descolamos pra sempre. Fisicamente e espiritualmente. Foi bom enquanto não durou. Desculpa. Eu sei que você detesta quando eu digo isso e não alivia nada pra mim. Mas o que posso dizer? Tem algo?

ju mancin disse...

jesuisfuckingchrist

o mundo ta ao contrario???

Lu disse...

rs... Tchuca, o mundo está onde sempre esteve. A gente que, por muita graça, sabe dar piruetas no ar. rs...

eu to no meu lugar de sempre.

- janelinha, condutor! por favor!
- moça, só tem o porão.
- to dentro! zerinhoooo!

ju [a de sempre] disse...

bóra pro porão então...

no fundo a gente acaba achando asas pra voar...

wiiiiiild horses...

Site Meter