terça-feira, 8 de junho de 2010

little wing

Lu Minami

Ouvindo: Billie´s Blues
(Billie Holiday)



Me fez chorar.
Ser lembrada do quão livres já fomos um dia.

Me fez cantar.
Lembrar de um diálogo com duas frases que já dizia tudo.

Me fez amar.
Saber que sempre estará ao meu lado, mesmo quando parece já ter me esquecido.

Nossas coisas viverão para sempre dançando enquanto não voltarmos para lá. Nossas conversas vão bailar um tango eterno, no passo certo e certeiro. Os sorrisos como uma valsinha. As ofensas que vão cirandar ao nosso redor.

Só você sabe o quanto tenho de coração, medo e coragem nessa vida. O coração só bate dentro da gente e tem vida própria. Não sei porque a gente insiste em aprisioná-lo. Dia desses, se torna selvagem, morde, machuca e sai correndo de dentro do nó do peito.

Puro esconde-esconde.
E sem chance de salvar o mundo.

6 comentários:

Daniel disse...

As vezes penso que sempre seremos reféns do coração. E, talvez, isso seja até bom se pensarmos em como seria se fossemos reféns da razão.

Beijos

ju mancin disse...

razão é ditadura!

espero, com fé, q meu coração me coma um dia...rs

lindo post, tem muito aí, do q eu gostaria de dizer...

Anônimo disse...

Now she's walking through the clouds
With a circus mind
That's running wild
Butterflies and zebras
And moonbeams and fairytales
All she ever thinks about is riding with the wind
When I'm sad she comes to me
With a thousand smiles
She gives to me free
It's alright, it's she says
Take anything you want from me
Anything
Fly little wing

Sunset disse...

"Me fez chorar.
Ser lembrada do quão livres já fomos um dia."


='/

oursoazul disse...

ai...
me deu um aperto no peito ler isso.
meu coracaozinho anda muito selvagem ultimamente e ficou batendo meio acelerado aqui no meu peito.

deve ser ate por isso que ando tendo taquicardia do nada...

Lorena Bobbit disse...

"O coração só bate dentro da gente e tem vida própria. Não sei porque a gente insiste em aprisioná-lo."

Seria esse seu pássaro azul?

Lindo, Lú!

Site Meter